Homem de 68 anos é investigado por suspeita de manter a mãe, uma idosa de 93 anos, em cárcere privado, em Laguna Carapã. Neste sábado (27), depois de dois meses mantida em cárcere, a vítima conseguiu escapar usando um andador. Ela procurou a filha e acionou a Polícia Militar em busca de ajuda. O caso foi encaminhado à Polícia Civil de Dourados.

A filha relatou que estava em casa, quando por volta das 10 horas foi surpreendida pela chegada da mãe. A vítima relatou os abusos cometidos pelo filho e pediu para que a polícia fosse informada. A filha então levou a mãe ao quartel da Polícia Militar, onde a idosa explicou que há dois meses era mantida em cárcere privado na casa do filho, de onde não podia sair.

O homem, além de manter a mãe trancada, impedia que ela recebesse visitas e, inclusive, fazia ameaças aos familiares. A idosa informou ainda que o filho se apoderou de seus pertences e, apesar de ameaçá-la frequentemente, nunca a agrediu fisicamente. Ela relatou ainda que se aproveitou de um momento de distração dele para fugir em busca de ajuda. 

Diante dos fatos, a PM foi em busca do suspeito, mas inicialmente ele não foi encontrado. Contudo, logo em seguida compareceu ao quartel da PM para esclarecimentos, agindo de forma tranquila, segundo consta no registro policial. Diante dos fatos, a mãe, o filho e testemunhas do caso foram encaminhados à Polícia Civil de Dourados, para que seja aberta investigação.