Nesta quarta-feira (24), Agnaldo Alves da Silva, de 43 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, três dias após sofrer um acidente de motocicleta. Ele era capataz em uma fazenda de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros, e sofreu a queda da moto ao sair para trancar uma porteira da propriedade.

Segundo o boletim de ocorrência, Agnaldo saiu na noite do dia 21, por volta da 20h30, para trancar a porteira. Ele estava de motocicleta e a esposa percebeu a demora para o homem retornar, então foi a procura dele.

Assim, a mulher encontrou a vítima já caída, com ferimento grave na cabeça. Agnaldo foi encaminhado ao hospital do município, intubado e transferido para a Santa Casa de Campo Grande. Ele permaneceu na unidade até esta quarta-feira, mas não resistiu e faleceu às 12h03. 

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como morte a esclarecer.