Festa acaba com mulher morta a facadas na cabeça pelo companheiro sentimental em assentamento na região de Ponta Porã.

A vítima foi identificada como, Marli de Fatima Chaves (48) que na madrugada de segunda feira (23) por volta das 02:50hs, após sair de uma festa denominada no Assentamento Nova Itamarati, foi brutalmente executada supostamente pelo companheiro sentimental identificado como, Willian Guilherme da Silva (27) que foi preso pela Polícia Militar do assentamento em uma residência nas imediações ainda com a faca utilizada para o violento feminicidio.

Segundo o suposto autor, durante a madrugada teria se iniciado a discussão em razão de que este já queria sair da festa e a vítima teria pedido para ficar mais um tempo esta situação teria irritado Willian, momento em que se iniciou a discussão posteriormente teriam se dirigido até a residência onde após outra discussão o mesmo executou a vítima com várias facadas na altura da cabeça e partes do corpo, após cometer o crime se dirigiu até uma residência nas imediações onde acabou preso após a irmã da vítima ser informada onde o autor se encontrava e esta alertou os Policiais Militares que atuaram com rapidez e deram voz de prisão ao suposto autor que escapou de ser linchado pelos moradores da região que se revoltaram com o brutal assassinato.

Investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) e peritos da Polícia Técnica realizaram os procedimentos de rigor coordenado pelo delegado Dr. Fabrício Dias que encaminhou o corpo da vítima ao IML para posterior entrega aos familiares.