Dois pescadores amadores, um empresário de 27 anos e um advogado de 31 anos, ambos residentes em Campo Grande, foram autuados por pesca ilegal, por Policiais Militares Ambientais do Grupamento do Distrito de Águas do Miranda (km 21), localizado no município de Bonito, ontem (24) à tarde.

Os pescadores estavam em uma embarcação e pescavam no rio Miranda, nas proximidades de um local conhecido como Pesqueiro do Leonardo, no município de Bonito, e não possuíam a licença ambiental obrigatória. Eles não tinham capturado nenhum pescado ainda. Com os pescadores foram apreendidos um barco, um motor de popa com tanque de combustível e dois molinetes com varas. Os infratores foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 300,00 cada um.

ALERTA - A pesca sem licença não é crime ambiental, porém, a PMA alerta que é documento necessário para a pesca no Estado e sua falta caracteriza-se como infração administrativa, que prevê, além da multa mínima de R$ 300,00 até a máxima de R$ 10.000,00, a apreensão de barco, motor, produto e material da pesca, bem como veículos utilizados.