Na operação Pesca Legal no rio Dourados, visando à prevenção à pesca predatória em vigilância dos cardumes que já começaram a se formar, Policiais Militares Ambientais de Dourados fiscalizaram até ontem (12) à noite, 11 embarcações de pescadores amadores e profissionais, bem como pessoas que pescavam nos barrancos do rio, em um total de 37 pescadores e apreenderam grande quantidade de petrechos de pesca ilegais, com alto poder de depredação dos cardumes.

Os pescadores abordados pescavam legalmente, porém, a equipe localizou e retirou do rio, 15 redes de pesca, além de 27 anzóis de galho (petrechos proibidos), que estavam armados no curso d’água. Durante a retirada dos petrechos, em torno de 10 kg de pescado que estavam presos aos petrechos ilegais foram soltos no rio. Os infratores que armaram os petrechos não foram localizados. Os Policiais continuam no rio hoje (13) em monitoramento aos cardumes.

Fiscalizações preventivas dessa natureza são fundamentais para a prevenção à pesca predatória, tendo em vista o grande poder de captura e depredação dos cardumes, dos petrechos proibidos de pesca como esses retirados dos rios pelos policiais, especialmente, as redes. Além disso, há grande dificuldade de deter os autores, pois tais petrechos são armados em curto espaço de tempo e os pescadores não permanecem no rio durante a pesca, fazendo somente a retirada dos peixes, também em tempo bastante curto.