A Polícia Nacional do Paraguai identificou como Maurício Miguel Recalde Arguello, de 26 anos, o assassinado do radialista Humberto Coronel, executado a tiros na última terça-feira (6), em Pedro Juan Caballero.

Em uma das residências onde as buscas aconteceram foram encontradas roupas usadas no crime contra Humberto.

Familiares do suspeito informaram que ele esteva no imóvel, foi avisado da presença dos agentes e conseguiu escapar.

Mauricio já era procurado pela Polícia Nacional pelo assassinato do médico José Centurión, em 2019.

Como noticiado anteriormente, os mandados foram realizados inicialmente no bairro General Genes e nas proximidades da emissora onde o radialista trabalhava.

A ação policial de hoje acontece um dia depois do afastamento da promotora Kátia Uemura e das denúncias feitas pelo SPP (Sindicatos dos Periodistas do Paraguai) que acusa a polícia de ineficiência em relação caso.