O policial militar Fabiano Junior Garcia é suspeito de matar a própria família nas cidades de Toledo e Céu Azul, no Paraná. Fabiano teria matado seus três filhos, Amanda, Kamili e Miguel, e a mulher, Kassiele Moreira, de quem ele não queria se separar, segundo as primeiras informações da PMPR. Relatos apontam que ele teria feito ainda outras quatro vítimas. Segundo o portal local CGN, citando informações do boletim de ocorrência, elas são: a mãe e o irmão do PM, e dois pedestres que apenas passavam pelo local naquele momento, sem parentesco com ele. Por fim, Fabiano cometeu suicídio. Em nota, a Polícia Militar do Paraná disse estar "consternada" e que "lamenta profundamente o ocorrido". De acordo com o Coronel Hudson Leôncio Teixeira, Comandante-Geral da PMPR, a motivação do crime seria o fato de que Fabiano não teria aceitado o fim do relacionamento.

"O policial militar que prestava serviços no 19º Batalhão em Toledo não tinha histórico que pudesse indicar problemas psicológicos e atuava como motorista do Coordenador do Policiamento da Unidade", acrescentou a corporação. "Desde dezembro de 2020 a região conta com o apoio do programa PRUMOS, que disponibiliza atendimento psicológico e social aos militares e dependentes, com profissionais contratados para atuar nas Organizações Policiais Militares".

A dinâmica do crime:
 
 

O PM primeiro matou Kassiele e Amanda dentro de casa.
Depois ele foi para a casa da mãe, Irene Garcia, onde a matou junto com o irmão Claudiomiro.
Nas proximidades do imóvel, matou dois pedestres: Kaio Felipe Siqueira da Silva e Luiz Carlos Becker.
Em seguida, foi para a cidade Céu Azul, onde os outros dois filhos, Miguel e Kamili, estavam na casa de tios e os matou.
O próximo passo foi voltar para casa onde morava com a mulher, mas não chegou a sair do carro, pois cometeu suicídio.
 
Procurada, a Polícia Civil do Paraná ainda não deu mais detalhes sobre o caso.
Nas redes sociais, amigos e parentes de Kassiele fazem postagens de luto.
"Minha amada irmã como te amo. Você sabe disso tudo que passamos juntos. Miguel meu amor a dinda te ama tanto. Amanda nossa menina