Engavetamento envolvendo dois caminhões e um ônibus deixou o trânsito tumultuado por volta das 6h30 desta segunda-feira (4), na Avenida Solon Padilha, no Núcleo Industrial, em Campo Grande. Apesar da pancada, ninguém ficou ferido. 

 

O condutor do primeiro caminhão, Alessandro de Souza, de 45 anos, contou que estacionava para descarregar no depósito das Casas Bahia, quando sentiu a pancada na traseira. “Por causa do sol, o motorista do caminhão baú não me viu”, contou.

 

Segundo Clemente Ferreira dos Santos, de 65 anos, motorista há 30 anos, seguia para a empresa, onde iria carregar o caminhão, quando atingiu a traseira do veículo da frente. “O sol me atrapalhou. Não vi o caminhão, bati na traseira dele e o ônibus bateu na minha”, disse. 

 

O caminhão baú que clemente conduzia ficou com a frente destruída. “Levei um susto na hora, fiquei tonto, bati minha perna e a barriga no volante, mas não machuquei. Estava a 30 km/h”, contou. O veículo tem seguro. 

 

O ônibus da Expresso Mato Grosso, que faz o trajeto Terenos/Campo Grande, transportava cerca de 20 funcionários das fábricas da região, no momento do acidente.