Durante fiscalização ambiental em uma fazenda, localizada no município de Bonito, Policiais Militares Ambientais localizaram ontem (12), agrotóxicos e embalagens vazias armazenados em desacordo com as normas ambientais. Havia em um Container e na área externa, 20 tambores plásticos e 15 sacos com agrotóxicos, além de embalagens vazias.

Foram encontrados dentro e fora do container: 10 (dez) galões de 5 litros da marca SPHERE MAX, 10 (dez) sacos de 5 quilos da marca SPERTO, 5 (cinco) sacos de 15 quilos da marca MANGOZEBE, 10 (dez) galões de Glifosato e, embalagens vazias de agrotóxicos. O armazenamento dos produtos tóxicos contrariava as normas técnicas e a legislação ambiental, bem como as orientações do fabricante prescritas na bula dos produtos.

O infrator, residente em Bonito, foi notificado a tomar as providências para a destinação adequada dos produtos e resíduos perigosos, conforme determina a legislação. A PMA também confeccionou um auto de infração administrativo e arbitrou multa de R$ 20.000,00 contra o infrator. O autuado também poderá responder por crime com pena prevista de um a quatro anos de reclusão.