Um homem foi preso após invadir a casa de sua ex com um machado na manhã desta quinta-feira (30) em Camapuã, cidade a 140 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, ele quebrou a porta da casa com um machado, invadiu a residência e tentou matá-la esfaqueada.

Consta no registro policial, que o autor não aceitou o término do relacionamento na noite de quarta-feira (29), e, após a vítima falar sobre o término do relacionamento, ele saiu da casa e retornou às 6h desta quinta.

Ele chegou à residência com um machado e começou a golpear a porta de acesso que ficou totalmente destruída. Após entrar na casa, ele se apossou de uma faca e saiu em direção da vítima tentando golpeá-la, na altura do tórax. Ele conseguiu se desvencilhar do golpes, porém, teve um dos dedos atingidos. Ela também ficou com a camiseta rasgada.
A mãe e o pai da mulher que mora no mesmo quarteirão foram até a residência ver o que acontecia devido o barulho. No local, eles conseguiram ajudar a filha retirando-a da residência.

No mesmo instante, o autor fugiu do local. A polícia então realizou diligências para encontrá-lo e realizaram a prisão na BR 060, proximidades do radar da Vila Industrial, onde ele foi preso. Durante todo o terror sofrido pela mulher, o autor disse que iria matá-la, e, ainda, caso fosse preso, iria matá-la juntamente com os filhos dela após sair da cadeia.

Ela recebeu medidam protetiva de urgência na delegacia e, após a prisão, constatou que contra ele já havia um mandado de prisão em aberto. No boleltim de ocorrência está especificado que os crimes que o autor irá responder são: dano, ameaça, violência doméstica e por um mandado de prisão em aberto. Ele também foi preso também por posse ilegal de arma de fogo. Os policiais encontraram uma espingarda calibre 36, com o cano quebrado e dois cartuchos carregados que ele escondia na casa.