A Polícia Militar, por meio do Batalhão da Polícia Militar Rodoviária (BPMRv) e a Corregedoria da PM, cumpriram na manhã desta quarta-feira (19), quatro mandados de busca e apreensão contra policiais militares , expedidos pela justiça militar estadual, por suposto envolvimento em atos de corrupção.
A Operação ocorreu em Campo Grande e Ponta Porã. Ao todo, três mandados foram cumpridos em residências e um na base da PMR.

Em nota, a PM justificou afirmando que a "ação faz parte da política de comando da Corporação que não coaduna com desvios de conduta e age proativamente contra qualquer pessoa que insistir contrariar a lei em vigor".

Os três policiais são investigados, todos lotados no posto da PMR da MS-164, uma das principais rotas do contrabando que deixa o Paraguai com destino a grandes cidades do Centro-Oeste, inclusive Campo Grande.

Um dos PMs será preso, por posse de duas armas ilegais encontradas em sua residência. A reportagem levantou que o policial mora na Capital, mas está em Ponta Porã.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.