A Petrobras (PETR3;PETR4) anunciou novos reajustes nos preços da gasolina e do diesel nas refinarias nesta segunda-feira (8), com vigência a partir da próxima terça (9).

A gasolina vendida pelas refinarias terá alta de 8,8% (alta de R$ 0,23), sendo o sexto reajuste em 2021. Já o diesel terá alta de 5,5% (alta de R$ 0,15), quinto reajuste neste ano.

Assim, a partir desta terça, o litro da gasolina em suas refinarias passará a custar, em média, R$ 2,84, e o do diesel será vendido a R$ 2,86 por litro. 

A alta do preço dos combustíveis acontece em meio à valorização do petróleo no mercado internacional. Apesar da queda na sessão de hoje, os preços do petróleo registraram expressivos ganhos na semana passada após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados incluindo a Rússia –grupo conhecido como Opep+- anunciarem a manutenção dos cortes de produção de março também em abril.

Vale destacar que a nova alta dos combustíveis vem em meio aos trâmites para a substituição do CEO da petroleira, Roberto Castello Branco, pelo general da reserva Joaquim Luna e Silva justamente após a insatisfação do presidente Jair Bolsonaro com a política de reajuste de combustíveis.

Assim, na avaliação do Credit Suisse, apesar da notícia de reajuste ser positiva para a companhia em buscar a paridade de importação, a tensão política provavelmente persistirá