O secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, pediu nesta quinta-feira (4) o fim dos conflitos no combate à pandemia do novo coronavírus.

Governo federal e oposição travam batalhas diárias sobre a responsabilidade pelas mortes de mais de 260 mil pessoas no Brasil por causa da Covid-19.

Em abril de 2020, o Supremo Tribunal Federal decidiu que o combate à pandemia deveria ter “competência concorrente” entre União, Estados e municípios.

“A promoção de conflitos não vai ajudar a combater o vírus e muito menos diminuir os estragos da doença”, declarou o secretário, nas redes sociais.

De acordo com Riedel, a única coisa que pode fazer a diferença neste momento é a vacina. “Ela é a esperança de bilhões de pessoas a voltar a ter uma vida normal”, argumentou.

O secretário diz que, enquanto não houver vacina para todos, as pessoas devem se cuidar, se proteger do vírus. “Nossos esforços continuam no cuidado com a nossa população, mas é importante que todos façam sua parte no distanciamento”, afirmou.