Farmacêutico é umas das profissões mais antigas do mundo e que possui grande importância para a saúde. O dia 20 de janeiro foi escolhido pela ABF (Associação Brasileira de Farmacêuticos) em 1916, maior representante da categoria no Brasil naquela época, para comemorar e dar maior visibilidade à profissão.

Diferente de 1916, atualmente podemos encontrar mais de uma farmácia por bairro, mas há sempre a que nos sentimos mais à vontade, graças a pessoa sorridente e prestativa que ouve nossas queixas e busca o tratamento mais acessível. De um teste de gravidez a um diagnóstico médico assustador, o farmacêutico consegue tornar aquela situação em algo mais humanizado e leve.

O empresa VPA agencia de publicidades e noticias   conversou com Mariane Gomes Comelli, 29 anos, formada na profissão desde 2012 e que possui o próprio estabelecimento na cidade de Angélica MS.

Para ela, é exatamente esse momento, de ser prestativa com quem está precisando, que resume a traz alegrias na profissão.

"Tenho muito orgulho por essa profissão, pois ser farmacêutica é trabalhar com amor, ao proximo e a profissão. Não importa as dificuldades que enfrentamos, estamos sempre dispostas a ajudar, orientar para tentar fazer com que as pessoas se sentem melhor e fiquem bem". Disse Mariana


"Substancias nas mãos do farmacêutico se transforma em cura, em saúde, em administração para um bem-estar. É muito gratificante ouvir uma pessoa dizer que tomou um remédio e que curou sua enfermidade".


"Farmacêutico é aquele que; com colírios alivia a dor dos olhos, dando soluções as doêncas, ajudando na cura, drageando e mascarando sabores, encapsulando a fé, e emulsionando". Finalizou Mariana.

 

Mariane Gomes Comelli, 29 anos