Uma indígena de 91 anos foi a primeira pessoa a receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Mato Grosso do Sul, no início da noite desta segunda-feira (18), no Hospital Regional de Campo Grande. A imunização foi realizada em evento que marca, simbolicamente, o início da vacinação no estado e ainda aplicou vacinas em mais três pessoas de grupos prioritários: um médico da linha de frente, uma idosa moradora de asilo e uma enfermeira.
Domingas da Silva é da etnia Terena e reside na aldeia Tereré, em Sidrolândia. Ela disse que, como indígena, ficou muito feliz em receber a primeira dose.

No evento, o primeiro profissional de saúde também foi vacinado. Foi o médico nefrologista Márcio Estevão Midom, de 43 anos, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) em Campo Grande. O médico já atendeu mais 100 pacientes que necessitaram de ventilação mecânica por conta da Covid-19.
 

"Sinto-me honrado em receber a primeira dose dessa vacina, resultado de um trabalho árduo dos cientistas em prol da humanidade. A vacina é a grande esperança", disse o nefrologista.
 
A auxiliar de enfermagem Sandra Maria de Lima, de 50 anos, também foi vacinada. O evento marcou a vacinação da primeira idosa em asilo do estado. Maria Bezerra de Carvalho, de 82 anos, que é hipertensa, mora em um asilo de Campo Grande.
A imunização desta segunda marca, simbolicamente, o início da vacinação no estado, já que efetivamente a aplicação deve iniciar oficialmente quando todas as cidades possuírem as doses. A distribuição de 158 mil doses para os 79 municípios deve ser iniciada ainda na noite desta segunda, em ação conjunta entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).
De acordo com a SES, cerca de 79 mil pessoas devem ser imunizadas neste primeiro momento, com metade das doses que chegaram via Ministério da Saúde. A outra metade será guardada e voltará a ser aplicada em duas semanas, nas mesmas pessoas que receberam a primeira dose, finalizando a imunização.
A previsão é que a aplicação das vacinas comece na manhã de quarta, simultaneamente em todas as cidades. Conforme o Plano Estadual de Vacinação, a primeira fase da imunização vai englobar trabalhadores em saúde; idosos com mais de 75 anos; aqueles com mais de 60 que estejam em asilos; índios aldeados e pessoas com comorbidades.

Domingas da Silva, indígena da etnia Terena de 91 anos, foi uma das três primeiras pessoas a receber vacina contra Covid-19 em MS
Idosa, de 82 anos é a segunda a ser vacinada em MS — Foto: David Melo/ TV Morena
Médico que cuidou de mais de 100 pacientes com Covid-19 se vacina contra o vírus em MS — Foto: David Melo/ TV Morena
Enfermeira de hospital referência contra a Covid-19 se vacina nesta segunda-feira (18) — Foto: David Melo/TV Morena