O agressor, preso em flagrante por tentativa de feminicídio, foi socorrido sob escolta policial à Santa Casa de Campo Grande.

Idosa de 62 anos foi ferida a tesouradas pelo marido de 52 anos. Para escapar das agressões, ela conseguiu pegar um facão e acabou decepando dois dedos do companheiro. O caso foi registrado neste domingo (13) em Nova Alvorada do Sul, distante 120 quilômetros de Campo Grande. Os dois sofreram ferimentos graves. Ela foi levada para o Hospital de Rio Brilhante. O homem, preso em flagrante por tentativa de feminicídio, foi socorrido à Santa Casa de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender o caso e quando chegou ao local encontrou o agressor sendo socorrido e a filha da idosa de 32 anos. Ela contou que os dois haviam discutido, se agredido e sofrido ferimentos graves. Havia muito sangue em todos os cômodos da residência.

Segundo relatos da idosa, que havia se escondido depois da briga, a discussão com o marido começou por causa de ciúmes por parte do autor. Foi agredida, relatou, com soco no rosto, caiu no chão e foi golpeada por uma tesoura na cabeça, no punho e no rosto. Até que conseguiu desvencilhar, foi até a cozinha, pegou um facão e atingiu o autor que caiu no chão. Ela, então, aproveitou e saiu na rua gritando por socorro e pediu abrigo na casa de uma vizinha.

A idosa sofreu ferimentos no rosto, cabeça, punho e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Municipal. Devido a gravidade, a paciente foi transferida para Rio Brilhante. Já o homem apresentava ferimentos na cabeça e nos braços, além de dois dedos decepados. Ele foi transferido à Santa Casa, sob escolta policial. O facão e um pedaço do cabo da tesoura foram apreendidos pela Polícia Civil. Ainda não há informação sobre o estado do casal. O caso segue sob investigação.