Um homem de 36 anos, cuja identificação já está em poder das autoridades, é acusado de tentar, por duas vezes, atropelar sua ex-namorada, uma mulher de 39 anos. O fato teria ocorrido na madrugada deste sábado (12), em Batayporã.

Conforme o boletim de ocorrência 607/2020, por volta das 02h20, uma equipe da Polícia Militar foi acionada via 190 por uma testemunha informando que na Avenida Brasil, em frente ao Batayporã Tênis Clube, teria ocorrido uma tentativa de atropelamento.

Já no local, a Polícia Militar constatou junto à vítima que ela estava bebendo com seus amigos quando quase foi atingida por um Ford Corcel, conduzido pelo autor, que é seu ex-namorado.

Como não conseguiu atingir a vítima da primeira vez, o acusado teria retornado e tentado atropela-la novamente, sendo a mulher protegida pelo segurança de um conjunto de quitinetes existente no local, que evitou o atropelamento.

Ainda segundo a ocorrência, nesta segunda oportunidade, o acusado teria descido do carro, proferido xingamentos contra a vítima, rasgado sua roupa e a ameaçado de morte dizendo que atearia fogo em seu corpo.

A Polícia Militar realizou diligências pela cidade, mas não conseguiu localizar o autor, porém, ele foi identificado, sendo registrado contra ele um boletim de ocorrência pelos crimes de vias de fato, ameaça, constrangimento ilegal e violência doméstica. O caso deverá ser apurado pela Delegacia de Polícia Civil de Batayporã.