Um homem de 34 anos foi encontrado morto pelo colega de trabalho, dentro do baú de uma carreta no pátio da transportadora, localizada no bairro Aeroporto.

Colega de trabalho disse à polícia ter chegado na empresa, na manhã de sexta-feira (21), por volta de 7h50 e não viu a vítima, o que teria causado estranheza, porque ele era sempre o primeiro a chegar no local, segundo o Diário Corumbaense. A testemunha foi então à Agesa (Armazéns Gerais Alfandegados) e quando retornou, também não o viu. 

O colega então, passou a procurar pelo pátio da empresa e entre as carretas ouviu um celular tocando. Ele abriu o compartimento de um dos veículos, o baú e teria encontrado a vítima pendurada por uma corda. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o homem já estava morto.

A testemunha não soube informar se o colega estava com algum problema familiar, mas disse que ele pretendia sair da empresa porque “não estava dando conta de algumas planilhas”.