A Polícia Militar de Angélical, conduziu para Delegacia duas pessoas de idade de 22 e 51 anos na quarta-feira (10) através da rádio patrulha de Angélica, após ameaçarem suas ex-companheiras. As solicitações foram realizadas através do telefone de emergência 190 e em todas foram informadas que os autores estavam muito agressivos e que faziam ameaças com frequência.

 

Segundo relatos de uma das vítimas, o autor não respeitava a medida protetiva de urgência e que sempre se aproximava com a desculpa de ver a filha. Na quarta-feira por volta das 14 horas  o autor teria ido por duas vezes em sua residência na Rua Garça e que na última vez a teria ameaçado, falando que iria matá-la. Quando a equipe policial chegou ao local encontrou a vítima muito abalada informando que o suspeito havia acabado de sair em um Ford Fiesta bordô. De imediato os policiais militares realizaram patrulhamento nas imediações sendo possível localizá-lo, durante a abordagem ele confirmou ter ido à casa de sua ex-companheira.

 

Já a segunda ocorrência se deu por volta das 22 horas onde a equipe policial foi acionada por uma mulher de 31 anos, informando que seu marido há tempos vem lhe agredindo e ameaçando a sua vida, inclusive com uma espingarda, e que na data de hoje (10) iria matá-la, após uma discussão sobre um dinheiro que havia desaparecido.  A equipe policial deslocou até a Rua Primeiro de Janeiro, e ao chegar à residência encontrou o homem de 51 anos, após realizar uma busca pelo local foi localizada a espingarda que era usada como objeto de ameaça. Diante dos fatos as vítimas e os autores foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil e entregues ao agente de plantão para providências.

 

Assessoria de comunicação Social do 8º BPM

  “O Guardião do Vale do Ivinhema”