Durante a coletiva de imprensa feita na manhã de terça-feira (09), a secretaria de saúde, Sônia Garção, esteve falando de alguns pontos críticos, como o surgimento de 7 casos em menos de 15 dias.

Na ocasião a secretária informou que no município existe uma ala para os suspeitos, sendo que dos dois casos suspeitos um esta internado no Hospital Municipal de Ivinhema, onde tem todo equipamento para cuidar dos pacientes e que o município totaliza 7 respiradores incluindo os móveis que ficam nas UTIs.

Na oportunidade foi salientada a unção de forças da prefeitura através da secretaria de saúde, com os comerciantes e empresários para não deixar que o vírus se propague.

Uma das perguntas foi sobre os motoristas, Sônia destacou que todos usam álcool em gel, são orientados a sair apenas para ir ao banheiro, bem como os pacientes que estão tendo e recebendo todos os cuidados necessários e só estão indo os que realmente necessitam com urgência.

Outro questionamento foi dos exames feitos em laboratórios particulares, onde a secretária salientou que é obrigatório repassar para a saúde se houver caso positivo de COVID-19, bem como de demais doenças infecciosas.

https://www.facebook.com/ivinhema/videos/705367596925554/?v=705367596925554&notif_id=1591704471596718&notif_t=live_video
CONFIRA A SITUAÇÃO DO MUNICÍPIO EM RELAÇÃO AO COVID-19

1° Homem de 51 anos – Recuperado (viajante residente em Ivinhema)

2° Mulher de 42 anos– Recuperado (sem contato com paciente sintomático, nem realizou viagens e nem recebeu)

3° Homem de 29 anos – Isolamento domiciliar (teve contato com caso positivo fora do município de Ivinhema)

4° Mulher de  32 anos–  Isolamento domiciliar (contato com paciente positivo)

5° Uma criança de 5 anos – Isolamento domiciliar (contato com paciente positivo)

6° Uma mulher de 35 anos – Isolamento domiciliar (ficou vários dias em um município com grande números de casos positivos)

7° Um homem de 36 anos – Isolamento domiciliar (contato com caso positivo)

No total são 27 descartados , 02 sob investigação, 07 positivos, 93 em isolamento domiciliar e 00 óbitos.