Mayron César da Costa de Souza, 32 anos, foi morto a tiros na madrugada deste domingo (19), em frente à casa noturna Lord Pub, na Avenida Ernesto Geisel, no Bairro Amambai, em Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, Mayron chegou de moto no local, acompanhado de sua esposa e estacionou o veículo em vaga proibida. O organizador do evento pediu que ele parasse no lugar certo, mas o homem começou a fazer ameaças às pessoas que estavam em frente ao estabelecimento.

Ainda conforme o registro policial, Mayron foi embora e, minutos depois, voltou armado em uma moto Yamaha Factor azul. Desceu do veículo e começou atirar contra a bilheteria da boate, onde estava o policial, à paisana, que foi atingido por um disparo na perna esquerda. 

Mesmo ferido, o policial conseguiu pegar a arma e atirar contra Mayron. A Ursa (Unidade de Resgate e Suporte Avançado) do Corpo de Bombeiros foi acionada e o policial socorrido para a Santa Casa. Já o suspeito morreu em frente à casa noturna.

A polícia foi acionada e, em contato com a esposa de Mayron, ela informou que após a discussão na casa noturna, eles voltaram para casa e o homem pegou uma arma e se dirigiu novamente ao local e que só ouviu o barulho dos tiros.

A Polícia Civil e a perícia foram até o local e apreenderam uma pistola Barreta com carregados e dez munições intactas, que pertencem ao policial baleado. Além disso, foi recolhido o revólver calibre .38 de Mayron. CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 

Mayron César da Costa de Souza morto a tiros por policial à paisana (Foto: Divulgação)