O rapaz identificado como Bonaxe Barrabas Alves Caminha, de 26 anos, morto na noite dessa terça-feira (11), por policiais militares, em Campo Grande, no Bairro Parque do Lageado, tentou matar a esposa de 24 anos enforcada, e agrediu o filho de 2 anos o arremessando no chão. 

A polícia foi acionada pela primeira vez para a residência por volta das 18 horas, quando a jovem foi agredida e ao chegar a casa encontrou a mulher com hematomas no pescoço pelo enforcamento e mordidas no rosto. Ela ainda contou que Bonaxe arremessou o filho do casal no chão e agrediu seu irmão de 13 anos. 

Ele fugiu, mas logo que a polícia foi embora, Bonaxe voltou e os militares foram novamente acionados. Ao chegarem a casa viram o rapaz fugindo para dentro da casa não acatando as ordens de parada. Ele se jogou pela janela quebrando o vidro e pulou o muro invadindo outra residência nas proximidades. 

Os moradores conseguiram correr da casa, sendo que ele tentou fazer refém uma das moradoras que estava com o neto de 1 ano no colo. Os policiais deram ordem de parada e mandaram que Bonaxe se entregasse, mas ele foi para cima dos militares com um facão.

Foi dado tiros para o chão, mas o rapaz continuava em direção aos policiais que deram tiros nas pernas. O autor ainda estava vindo em direção aos militares que atiraram no tórax e região da cintura. Nisso, ele caiu. Foi acionado o socorro, mas Bonaxe morreu no local. Bonaxe foi atingido os pés, abdômen e pernas.