Um suspeito de envolvimento no assassinato de Fábio Henrique dos Santos Silva, nesse domingo (18), no Bairro Parque do Lageado, em Campo Grande, acabou preso por equipes do Batalhão de Choque. Uma arma acabou apreendida. 

Após denúncias anônimas enviadas para a polícia, o suspeito de 39 anos, foi localizado nas imediações do salão de festa onde aconteceu o assassinato. Ao ver os policiais, o homem arremessou uma bolsa para dentro do salão.

 
Dentro da bolsa, os policiais encontraram um revólver calibre .38 municiada com cinco cartuchos. Ele ainda quebrou o celular jogando o aparelho no chão. Aos policiais, o suspeito disse que comprou a arma por R$ 1.800.

 
 
Ele foi encaminhado para a delegacia e o seu envolvimento no assassinato é investigado pela 5º Delegacia de Polícia Civil.

Assassinado na festa de aniversário do filho
Fábio foi assassinado com pelo menos 10 tiros durante a festa de aniversário de seu filho, em um espaço para festas no Parque do Lageado.

A esposa de Fábio relatou para a polícia que deixou o marido e 5 crianças no espaço de festas, no Lageado, e saiu para buscar o bolo e outros objetos. Ela também buscou o pai e então recebeu a ligação de um amigo do marido, relatando o ocorrido.

 
 
De acordo com a Polícia Civil, foram identificados aproximadamente 32 disparos de pistola 9mm. Os dois autores teriam chegado em uma motocicleta e estavam de capacete quando atiraram contra a vítima.

Fábio jogava sinuca quando foi surpreendido pelos atiradores. O crime foi registrado como homicídio doloso, se é praticado em concurso de duas ou mais pessoas e qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Não foram encontradas câmeras de segurança no local e o caso está em investigação. Consta no boletim de ocorrência que Fábio estaria evadido do Sistema Prisional.