De Foz do Iguaçu a Umuarama, os competidores puderam extrair o máximo de seus veículos em um dia que definiu os primeiros líderes da competição. Foram 366 quilômetros, dos quais 172 cronometrados, atravessando fazendas de soja. E as passagens pelas zonas de radar se tornaram dor de cabeça para alguns dos destaques entre as motos, carros e UTVs. Não que os competidores tenham exagerado na velocidade nos pontos em que ela é limitada – bastavam alguns metros acima do exigido para gerar punições.

Sobre duas rodas, a briga pela liderança tem sotaque. Atual campeão, o francês Adrien Metge (Yamaha) saiu na frente. Mas é seguido de perto pelo argentino Martin Duplessis (Honda). Nessa disputa, o melhor brasileiro é Bissinho Zavatti (Honda), em terceiro.

Nos UTVs, o sobrenome dos três primeiros é o mesmo. Quem pensou em Varela, acertou. O pai Reinaldo, e o navegador Aristóteles Fiúza estão em vantagem. Seguidos pelos filhos Rodrigo (com Matheus Mazzei) e Bruno (ao lado de Gustavo Bortolanza). Como é costume numa modalidade com 73 máquinas em ação, as diferenças foram apertadas. Especialmente considerando que restam 13 etapas até Salinópolis (PA).

Já entre os carros, Lucas Moraes e Kaíque Bentivoglio confirmaram o favoritismo com a Toyota Hilux T1+ da MEM Motorsport. Mesmo penalizados, bateram Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs (Buggy Century CR6/Baja Tek). Um furo de pneu fez com que os atuais campeões Cristian Baumgart e Beco Andreotti perdessem tempo. Nada que os tire da luta pela ponta.

Do Sul ao Sudeste

Neste domingo, o Sertões BRB 30 Anos ruma de Umuarama para o Portal do Oeste paulista. Presidente Prudente marca a entrada da caravana no Sudeste, com a etapa ‘Braço Forte’. Um percurso total de 535 quilômetros, dos quais 303 cronometrados. Depois de um início veloz, com lombadas e saltos em piso arenoso, os competidores atravessarão um trecho de canaviais com caminhos mais estreitos e a promessa de muita navegação. À espera de pilotos e navegadores na Praça do Povo, a expectativa é de cerca de 30 mil pessoas. Uma recepção digna de uma edição festiva e histórica.

Costa Rica se prepara

O Município de Costa Rica, norte de Mato Grosso do Sul se prepara com grande expectativa para receber o Rally dos Sertões. Autoridades públicas e empresas estão cuidando dos últimos detalhes para receber os pilotos e profissionais envolvidos. Antes o rally passa pela Capital Campo Grande e no dia 30 de agosto, nesta terça-feira, após 443 Km, da capital, chega a Costa Rica.

Além das acirradas disputas esportivas, o Rally dos Sertões envolve no grande evento, profissionais envolvidos no projeto Saúde e Alegria Sertões, que é a prestam atendimento especializado a mais de 16 mil pessoas no decorrer do percurso, impactando diretamente na fila de espera do Sistema Único de Saúde. 

Confira os resultados no https://sertoes.com/resultados-app/