Mais do que virar trending topic no Twitter, "Tchutchuca do Centrão" despertou a curiosidade da opinião pública: multiplicou por 100 as buscas no Google pela palavra, ultrapassou "voto impresso/auditável" nas discussões de grupos sobre política no WhatsApp e impulsionou as menções negativas a Jair Bolsonaro. Virou surto digital na quinta-feira. Um surto que pode evoluir e se transformar numa epidemia de provocações para todos os candidatos.

 

Por que importa que Bolsonaro tenha se irritado por ser chamado de "Tchutchuca do Centrão"? Irritou-se tanto que agarrou e tentou tomar o celular do youtuber que o ofendeu. Acalmado, o presidente encenou uma conversa com Wilker Leão, o youtuber, mas o vírus já estava solto.

 

"Tchutchuca" não está no Houaiss, mas o dicionário registra outra palavra originada da mesma onomatopéia: "tchutchinha s.f. tratamento carinhoso que se dirige a uma mulher; amorzinho".