Morta a facadas pelo marido, Luciana Carvalho de 45 anos foi encontrada na residência do casal na Avenida Júlio de Castilho, na Vila Silvia Regina em Campo Grande, na noite desta segunda-feira (01). O açougueiro Inácio Pessoa Rodrigues, de 47 anos, assassinou a vítima na noite de quinta-feira (28) e passou os últimos três dias com o corpo na residência. O mau cheiro exalado do endereço é que levantou as suspeitas dos vizinhos. Ele está preso na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

As informações iniciais são de que a vítima foi morta com cerca de 4 facadas.

O corpo foi encontrado na cozinha escorado no botijão de gás, de acordo com a Polícia Militar. Informação extraoficial é de que o homem teria assassinado a mulher depois que ela se recusou a passar a senha do celular. As brigas do casal eram constantes, segundo vizinho.

Depois de assassinar a esposa o suspeito agiu como se nada tivesse acontecido. Foram quatro dias dormindo com o cadáver da esposa, até que o sumiço da mulher chamou a atenção dos vizinhos. Uma testemunha teria acionado o dono do imóvel onde o casal morava de aluguel, que ao chegar no local, desconfiou do mau cheiro.

A Polícia Militar foi acionada e encontrou o corpo da vítima em decomposição. O suspeito teria chegado em seguida, tentou fugir, mas foi acabou sendo preso e encaminhado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).