Por volta das 5h da manhã desta quinta-feira (14), o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) abordou uma carreta bitrem, de cor branca, Volvo 440, carregada de drogas na MS-386, entre Amambai e Ponta Porã.

 
De acordo com informações policiais, o condutor apresentou nervosismo quando foi questionado sobre o material que estaria transportando e ainda mais no momento em que foi solicitada uma vistoria.

Ao abrir a lona, foram localizados vários tabletes de maconha em meio a uma carga lícita de milho. Após pesada, a droga totalizou sete toneladas, sendo a carga avaliada em R$ 18 milhões.

O motorista pegou o entorpecente em Ponta Porã e a carga de milho em Maracaju. A droga seria deixada em Porto Paranaguá, no Paraná. Pelo transporte, ele receberia de R$ 40 a R$ 50 mil.

O homem, de 47 anos, morador de Maringá (PR), foi encaminhado para a Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira) para confecção do boletim de ocorrência.