Uma paciente entrou em surto neste domingo (10) no HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e começou a quebrar equipamentos de uma das salas de atendimento.  Ela estava internada para trabalho de parto e passou a exigir uma cirurgia imediata de cesariana.

Segundo ocorrência registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados, a paciente, que estava acompanhada pelo marido, passou a ameaçar a enfermeira, e arrancou barra de ferro que dá suporte ao soro e começou a bater em alguns equipamentos do hospital.

Em seguida, ela se pendurou em um suporte que segura bolas de pilates entortando o mesmo. A Polícia Militar foi acionada e quando chegou até à maternidade do HU-UFGD, o bebê já tinha nascido. O caso foi registrado como dano e perturbação do trabalho.