Na quinta-feira (7), policiais militares ambientais de Campo Grande receberam ligações de várias pessoas informando que um homem estaria incendiando a vegetação de sua propriedade, localizada na BR-262, nas proximidades do aterro sanitário.

 
Uma equipe compareceu ao local e encontrou o denunciado, que informou ter 26 tambores de aço de 200 litros cada em seu imóvel, utilizados para queima de coco de babaçu para produção de carvão para essência de narguile.

 
Com risco de o fogo propagar para a vegetação próxima, as atividades foram paralisadas.

O homem, de 32 anos, residente em Campo grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.000,00.