O presidente Jair Bolsonaro (PL) reconheceu que durante os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) os brasileiros viviam melhor do que durante seu mandato. A declaração foi feita a apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada na segunda-feira 16.

 

O ex-capitão culpou as medidas impostas por governadores e prefeitos para barrar a disseminação da Covid-19 e a guerra na Ucrânia pela atual crise econômica do País. 

“Falaram: ‘no tempo dele [Lula], o povo vivia um pouco melhor do que hoje’. É lógico que vivia, concordo! Temos um pós-pandemia, do ‘fique em casa’, economia a gente vê depois, uma guerra, entre outros problemas”, afirmou.

 

O presidente disse também que a qualidade de vida teria sido ainda melhor nos governos petistas caso não houvesse corrupção. “Mas lá atrás, se se vivia melhor, poderia ter vivido muito, mas muito melhor ainda se não tivesse roubado tanto”.

Caso não seja reeleito, Bolsonaro deixará à Presidência com o poder de compra no nível mais baixo desde o Plano Real, inflação acima de dois dígitos ao ano e alta vertiginosa dos preços de combustíveis e alimentos