Suspeitos de envolvimento nas mortes dos dois irmãos assassinados a tiros dentro de casa em Conceição da Barra, no Norte do Espírito Santo, foram presos neste sábado (16).
A informação sobre as prisões foi divulgada em uma rede social pelo governador Renato Casagrande (PSB).
 

"Crime bárbaro que tirou as vidas de duas crianças em Conceição da Barra mostra como algumas pessoas desprezam a vida. Nossos policiais já identificaram e prenderam os autores. Punição rigorosa para os criminosos para que fatos como esses não se repitam", disse Casagrande.
 
Segundo a Polícia Militar, quatro homens foram presos. Os nomes deles não foram divulgados.

As duas crianças foram mortas na madrugada, no distrito de Braço do Rio. As vítimas foram identificadas como Kamile Santos Oliveira, de oito anos, e o irmão dela, Keyrison Santos Oliveira, de 10.
O crime aconteceu por volta de 1h. Kamile chegou a ser levada para o pronto atendimento da cidade com vida, mas morreu poucos minutos depois de dar entrada. O irmão chegou ao local sem vida.
De acordo com o depoimento da mãe das crianças à Polícia Militar, ela e o marido dormiam no quarto da casa quando dois criminosos arrombaram a porta, invadiram o imóvel, atiraram contra as crianças que dormiam na sala e fugiram em seguida.
 

Crime pode ter relação com o tráfico de drogas
 
A PM informou que o crime pode ter relação com o tráfico de drogas, porque o padrasto das crianças teria envolvimento com o tráfico na região.
A Polícia Civil informou em nota que iniciou diligências para a apuração do caso assim que tomou conhecimento do caso.
"A Delegacia de Polícia de Conceição da Barra empenhou toda sua equipe, inclusive policiais em escala extra, e juntamente com a Polícia Militar, realiza diligências e incursões na localidade de Braço do Rio. Suspeitos de envolvimento no crime já estão identificados. Até o momento, não houve prisões. A linha inicial de investigação indica conflitos motivados por tráfico de drogas", finaliza a nota.

Crianças foram mortas a tiros em Braço do Rio, em Conceição da Barra