Candidato a vereador na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul, o advogado paraguaio Nestor Echeverria foi executado a tiros na região central da cidade na noite desta quinta-feira, dia 30 de setembro. Ele foi assassinado logo após participar de uma manifestação política. 

O advogado era candidato a vereador nas eleições em outubro pela Partido Nacional Unámonos. Ele era considerado polêmico e fazia críticas contra as autoridades locais, publicou o site Ponta Porã News.

 
Após a manifestação na noite desta quinta, ele e mais três companheiros de partido, bebiam em uma lanchonete. Os autore chegaram ao local de moto e em um carro e dispararam vários vezes contra Echeverria.

Antes de ser morto, o candidato chegou a gravar um vídeo, onde aparecia dançando e dizendo que já estava comemorando a vítoria nas eleições. A Polícia Nacional foi acionada.

https://www.facebook.com/NOTICIASSEMFRONTEIRAS/videos/3062442683967345

Nestor Echeverria minutos antes do atentado, dançando com seus amigos..

https://www.facebook.com/NOTICIASSEMFRONTEIRAS/videos/1013241559476914