A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Atendimento à Mulher – DAM de Nova Andradina realizou a investigação de possível cárcere privado e instigação a suicídio, realizada por um indivíduo de 28 anos em desfavor de sua convivente. Durante as diligências, foi possível apurar indícios destes delitos, bem como que a liberdade do suspeito estaria expondo a risco a vida da vítima, motivo por que foi representada pela prisão preventiva do suspeito.

Após deferimento pelo juízo, foram realizadas diligências conjuntas por Investigadores de Polícia da Seção de Investigações Gerais de Nova Andradina e da Delegacia de Atendimento à Mulher, as quais culminaram no cumprimento do mandado de prisão do suspeito, na tarde desta quinta-feira (16).

O Inquérito Policial que investiga os fatos segue pela DAM de Nova Andradina e o suspeito permanece custodiado à disposição da Justiça.
Publicado por: Carlos Eduardo