Um homem de 44 anos foi assassinado ontem em Aquidauana após um desentendimento em frente ao ponto de táxi da rodoviária da cidade, por volta das 23h. O responsável foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia.

A Polícia Militar foi acionada às 0h38 já para dar assistência à uma guarnição do Samu que se encontrava no Posto Jato – fazendo a limpeza e manutenção de uma viatura –, situado na Avenida Doutor Sabino, Bairro Alto. A denúncia falava sobre uma vítima de arma branca no local. Na chegada dos policiais, testemunhas disseram que o assassino havia fugido em uma bicicleta branca pouco depois do incidente e que usava boné e casaco de moletom.

Os oficiais de segurança pública seguiram em direção à Rua Giovani Toscano Brito e encontraram um indivíduo que batia com as descrições. O homem, de 41 anos, assumiu o crime e afirmou que discutiu com a vítima até chegarem às vias de fato. Ele teria sido agredido com uma barra de vergalhão e revidado com um pedaço de madeira pontiagudo que encontrou por perto. O golpe atingiu a vítima no lado esquerdo do tórax. Após a explicação, o autor do crime recebeu voz de prisão e foi levado ao departamento de polícia junto de sua bicicleta.

O indivíduo ferido chegou a ser socorrido por um civil no local, que tentou reanimá-lo por meio de massagem cardiorespiratória, e por uma guarnição do Corpo de Bombeiros. Ele foi levado pelo Samu ao pronto-socorro da cidade, mas, segundo a equipe que prestou o atendimento à vítima, já chegou sem vida ao local. O homem tinha 44 anos, era solteiro, natural de Aquidauana, e trabalhava como ajudante de armazenagem.