Estudos das áreas de segurança mostram que golpes no WhatsApp tem aumentado na pandemia e feito muitas vítimas, veja como agem as quadrilhas e como se proteger. 

Nos últimos meses, com a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus, crescem também os golpes na internet e nas redes sociais, sobretudo nos comunicadores como o WhatsApp. Foram 50 milhões de mensagens de fraude disparadas entre março e junho deste ano – 10 milhões a mais do que no mesmo período do ano passado. Os dados são da PSafe, empresa dona de um aplicativo que combate esse tipo de fraude.

É importante conhecer como ocorrem esses problemas, para que consigamos nos proteger e manter nossos dados e finanças a salvo.

Como são aplicados os golpes no WhatsApp?
Basicamente existem 2 golpes mais comuns. No modelo mais utilizado, os golpistas enviam uma mensagem para o celular da pessoa pelo WhatsApp ou sms contendo um link de uma promoção ou oferta imperdível . A pessoa clica no link e acaba ou baixando malwares ou dando acesso a seu número do WhatsApp. Na outra modalidade, você recebe uma mensagem de que precisa confirmar seu código do WhatsApp, mesmo sem ter enviado nada para eles. Ao confirmar esse código, os golpistas tomam o controle da sua conta e começam a se passar por você para seus amigos, pedindo dinheiro e outros favores. Infelizmente, muitas pessoas acabam não desconfiando e fazem os depósitos, que normalmente são feitos em contas de “laranjas” o que dificulta bastante a encontrar os golpistas. Mas existem algumas coisas que podem ser feitas para evitar esses golpes e manter seus dados em segurança.

Aprenda como se proteger dos golpistas
Algumas dicas são simples mas fazem muita diferença:

Ative a autenticação de 2 fatores no WhatsApp

Esse recurso de segurança do WhatsApp já evita muitos problemas e protege da maioria dos golpes. Para ativá-la, siga os passos a seguir:

Abra seu WhatsApp e clique no menu “configurações” no canto superior direito;
escolha a opção “Configurações”;
A seguir clique em “Conta”;
Escolha “Confirmação” em duas etapas;
Crie um código de seis dígitos que será sua dupla autenticação.
Cuidado com seu número de celular

Não deixe seu telefone visível em perfis de olx, mercado livre e coisas do tipo, essa é uma das formas que os golpistas obtêm seu número de telefone e tentam quebrar a senha nos aplicativos de mensagem.

Não clique em links em SMS e mensagens desconhecidas

Desconfie sempre de promoções muito fáceis, prêmios de concursos que voce não lembra de ter participado, nem mensagens que se dizem ser do seu banco pedindo dados, ainda mais em horários estranhos. Na dúvida, vá até sua agência, os criminosos estão cada vez mais sofisticados para tentar enganar as pessoas e um simples clique em um link estranho pode entregar sua conta para os criminosos.

Mantenha seu sistema e aplicativos sempre atualizados

Sempre atualize o android caso seja seu sistema , ou o IOS do seu iphone. Sempre fique atento com as atualizações pois sempre que são liberadas os fabricantes liberam correções para fechar brechas e deixar seu celular mais protegido. Mas somente atualize no seu próprio sistema, nunca clique em mensagens de sms ou WhatsApp pedindo para atualizar. Vá você mesmo nas configurações do celular, no sistema e veja se há atualizações disponíveis.

Use antivírus e Anti malware

Pode ser uma boa ideia, sempre ter um antivírus instalado no smartphone no caso do android ou um anti malware em seu celular para evitar problemas e manter tudo seguro.

Fui vítima de golpe – o que fazer?
Se você teve o WhatsApp clonado ou foi vitima de algum desses golpes digitais, o primeiro passo é procurar uma delegacia e registrar boletim de ocorrência. Dependendo do seu estado você consegue fazer isso ate online. Isso é importante para mostrar às autoridades que qualquer golpe que tentarem fazer com seu nome, você não é participante e sim vítima. Mas você também pode fazer o seguinte

Avise seus bancos, instituições de crédito e carteiras digitais.
Entre em contato com o suporte da sua operadora de celular, abra um chamado informando o que ocorreu e o numero do boletim de ocorrência. Se possível congele sua linha por enquanto.
Mude o e-mail e a senha de todos os sites onde tenha alguma conta
Não utilize o envio de códigos de recuperação por SMS