Na manhã de hoje (07) equipes da Polícia Civil e da Energisa verificaram uma série de estabelecimentos comerciais e residências que estavam praticando subtração de energia. Segundo o apurado, foram identificados diversos modos de adulteração do padrão de energia, apresentando prejuízo estimado de mais de R$20.000,00 (vinte mil reais).

Todos os imóveis foram periciados e os suspeitos foram indiciados pela prática de estelionato - conforme entendimento jurisprudencial - e poderão pegar uma pena de até 5 anos prisão e multa.

A ação tem por desiderato conscientizar a população da prática ilícita dos famosos "gatos" e que isso prejudica toda a sociedade uma vez que o prejuízo acaba sendo repassado a toda sociedade de forma indireta.


Publicado por: Carlos Eduardo Rodrigues Orácio