Um dos ocupantes do veículo Toyota Corolla envolvido no acidente que terminou com a morte do jovem Samuel Pompílio, 22, na noite deste sábado (19) em Rio Brilhante, o fato aconteceu por volta das 19:30hs e o ocupante foi transferido em vaga zero para um hospital de Dourados. José Raimundo Neves (31) viajava no banco traseiro do Corolla e teria ficado gravemente ferido.
O carro era conduzindo por um homem identificado como Fláviano Macena (26) e uma mulher seguia no banco do passageiro.
Os três foram socorridos até o hospital local. A mulher já recebeu alta médica e Fláviano também foi liberado do hospital e conduzido para a delegacia de polícia civil onde foi autuado em flagrante por homicídio culposo qualificado por embriaguez.
A polícia investiga se o Corolla disputava racha com outro carro que ainda não foi identificado, ou realizava uma ultrapassagem, mas informações preliminares indicam que o segundo veículo pode ser um Huanday HB 20 de cor preto. Esse carro ainda havia sido localizado até o fechamento desta matéria.
A perícia técnica realizada no local identificou que o Corolla seguia sentido Maracaju- Rio Brilhante pela rua Prefeito Theofanes e invadiu a pista contraria onde seguia a moto Honda Biz pilotada por Samuel. A perícia pode identificar ainda a velocidade do Corolla no momento da colisão.
Com a violência do impacto o corpo e a moto foram lançados para fora da pista. Membros do corpo foram mutilados como braço e perna. O carro só parou cerca de 100 metros do ponto de colisão após derrubar um poste de iluminação pública e uma árvore.
Duas ambulâncias foram deslocadas para o socorro. Samuel teve morte instantânea.
Familiares e amigos do jovem de família tradicional em Rio Brilhante estiveram no local e entraram em desespero ao se deparar com trágica morte, vários moto entregadores também estiveram no local se solidarizando com os familiares.