A PRF (Polícia Rodoviária Federal) de Apucarana, cidade do Estado do Paraná, prendeu Fernando Henrique Correia, de 28 anos, morador de Nova Andradina, com uma carga de pasta base de cocaína avaliada em mais de R$ 2 milhões nesta sexta-feira (18).

Segundo a polícia, uma equipe estava em fiscalização em frente a Unidade Operacional da PRF na rodovia BR-376, quando abordou um GM/Cobalt, com placas de Nova Andradina, tendo como condutor Fernando Correia. Já na abordagem, os policiais perceberam o nervosismo do suspeito e resolveram realizar uma busca minuciosa no automóvel.

Para à polícia, o suspeito disse ser morador em Nova Andradina e representante comercial de empresa de chocolate, onde estava indo conhecer a fábrica da empresa em Curitiba (PR).

Devido não ter achado nada dentro do carro que ligasse ele a empresa, o veículo foi levado para uma oficina, onde o tanque foi desmontado e localizado 35,330 quilos de pasta base de cocaína.

Aos policiais Fernando disse que não sabia da existência da droga, mas depois assumiu que levaria substância até Curitiba (PR). Ainda relatou que estava com dívidas de jogo, por isso aceitou o transporte do ilícito.

Após preso, foi conduzido até a 17ª Subdivisão Policial de Apucarana (PR), onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

O quilo de pasta base de cocaína é comercializado no valor acima de R$ 30 mil. Da pasta base pode ser preparada a cocaína em pó e também subprodutos como o crack e a merla.

Fernando Henrique Correia