O principal suspeito de ser o autor de dois assaltos ocorridos nesta sexta-feira (18) em Dourados foi preso por policiais civis da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) no início desta noite.

Willian, 44, morador em São Paulo (SP), foi abordado pelos policiais plantonistas na saída da cidade, no acesso a BR-163, próximo ao Trevo da Bandeira, região Sul. Os investigadores acreditam que o suspeito tentava deixar Dourados com destino a cidade de origem.

De acordo com informações policiais, Willian teria utilizado um simulacro de pistola para cometer os crimes. O primeiro ocorreu por volta das 9 horas em um escritório de advocacia, localizado na rua Antônio Emílio de Figueiredo.

Depoimento de uma mulher de 24 anos, secretária que trabalhava no escritório no momento da chegada do assaltante, disse que o homem perguntou sobre um advogado e depois entregou um bilhete anunciando o assalto. Ele teria levado do local um celular e R$ 20,00 em espécie.

A segunda ação criminosa ocorreu por volta das 14 horas, desta vez em uma clínica médica. A recepcionista de 33 anos relatou que o homem anunciou o assalto no momento em que seis pacientes aguardavam atendimento.

Neste segundo assalto, Willian teria levado uma quantia de R$ 320,00 em espécie e um aparelho celular. A trabalhadora não soube informar se o criminoso pegou também pertences dos clientes presentes na clínica.

Investigações

Após os dois assaltos na região central de Dourados, os policiais plantonistas da Depac iniciaram investigações para tentar identificar e localizar o autor destes dois crimes. Os agentes conseguiram encontrar o suspeito possivelmente deixando Dourados com destino a cidade de São Paulo, capital.