Uma festa animadíssima ocorreu na noite de sexta-feira na residência de um Vereador no Bairro Jardim Eldorado próximo ao hospital municipal, a festa era para comemorar o aniversário de seu filho e contou com a presença de diversos convidados.

Fotos postadas nas redes sociais pelos próprios convidados, as medidas de prevenção de contaminação não estavam sendo cumpridas, é possível ver que nenhum dos participantes estariam utilizando mascaras e nem mantendo o distanciamento obrigatório de 1,5 metros entre as pessoas.

O celular do disk denuncia utilizado pela vigilância sanitária estava desligado no momento da festa, inclusive a nossa redação enviou mensagem as 22h26min ao disk denuncia para confirmar que estaria desligado, a mensagem foi entregue na manhã deste sábado após as 9hs da manhã.

A festa somente foi interrompida devido ao Promotor de Justiça ter sido acionado as 22hs47min e tomando conhecimento sobre o acontecido, 17 minutos após o promotor ser acionado a festa foi interrompida e seus participantes se retiraram as pressas da residência, no local estariam estacionados na rua, oito veículos e mais três motocicletas. 

O que diz a Vigilância Sanitária

Na tarde deste sábado em contato com o disk denúncia da vigilância sanitária, foi informado que o celular não estaria desligado, e que após a ronda realizada pela equipe de fiscalização a responsabilidade passa a ser da Policia Militar, perguntado ao servidor sobre a festa realizada na casa do vereador, o mesmo disse que receberam a denúncia na noite desta sexta-feira, e entraram em contato com o vereador via telefone. O servidor disse que ao falar com o Vereador o mesmo confirmou a realização da festa na residência e que estariam todos cumprindo o que manda sobre os procedimentos para realização de confraternização, se utilizando de mascaras, álcool em gel e o distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas, e no local tirando os moradores somente estariam presentes seis convidados.

Perguntado ao servidor, porque a fiscalização não foi ao local para constatar se realmente no local estaria sendo cumprido as exigências estabelecidas em decreto e o número de pessoas no local, o mesmo preferiu permanecer calado para não se complicar, pois é um mero servidor, o mesmo afirmou que estão liberadas reuniões e confraternizações até 50 pessoas, se baseando no decreto estadual divulgado em 30 de abril, que permite a realização de confraternizações e reuniões até 50 pessoas desde que cumpram as exigências estabelecidas. O servidor finalizou afirmando que o ultimo decreto municipal perdeu seu efeito. 

Denunciante

A denúncia partiu por parte de uma moradora residente próxima a casa do vereador, em contato com nossa redação na noite de ontem a mesma disse estar indignada, por diversas vezes ela tentou entrar em contato com o disk denuncia, mas o celular estaria desligado e as ligações caiam na caixa postal, em contato com a polícia militar foi informado que a viatura estaria em atendimento a uma ocorrência de tráfico de drogas naquele momento. 

Segundo um convidado que esteve na festa, comentou na tarde deste sábado com terceiros que de 30 a 35 pessoas estariam no local da festa, e que próxima da meia noite foi pedido que todos se retirassem às pressas do local, pois a polícia estaria a caminho.

A denunciante confirmou a nossa redação que realmente próximo à meia noite, todos saíram ao mesmo tempo terminando com a festa, “saíram voando, vazou todo mundo, teve gente rampando quebra mola”

É uma falta de respeito tudo isso, o momento é de dor, a contaminação não diminui, em minha família perdemos duas pessoas e nem sei quantas foram contaminadas, hoje vai ficar para a história, secretária conversando com idosos na fila de vacinação sem máscara, prefeito sem máscara em aglomeração com presidente e agora vereador com festa na casa dele, o que está acontecendo? Mas quero dar meus parabéns ao Promotor, sabemos que com eles sempre podemos contar. Disse revoltada a moradora. 

Números da Covid-19

O município de Nova Alvorada do Sul, atravessa um de seus piores momentos desde início da pandemia, em boletim divulgado neste sábado (15) 1692 casos confirmados, contra os 1522 casos no último dia de abril, 170 novos casos foram confirmados no período de 15 dias, com média de 11 novos casos ao dia, o número de mortes óbito saltou de 24 para 26 falecimento.