Com o entendimento de que as organizações têm uma grande responsabilidade no impacto dos recursos naturais, a Sicredi Centro-Sul MS irá construir uma usina solar fotovoltaica com potência para gerar 1,2 MWp (Megawatts-pico) de energia, gerando a própria energia e abastecendo todas as agências de atendimento da Cooperativa.

As placas solares serão instaladas nas dependências do Parque de Exposições Lydia Calabretta Massi, no município de Ivinhema, espaço de posse e administração do Sindicato Rural de Ivinhema e Novo Horizonte do Sul, que é parceiro desse projeto. 

O Sindicato Rural irá fazer uma concessão de área total de 20 mil m², para a Sicredi Centro-Sul MS, onde será instalada a usina solar fotovoltaica. Em contrapartida, o Sindicato Rural irá receber uma usina de 40,5 kWp (Quilowatts-pico) de energia, que abastecerá as estruturas do Sindicato e que se tornará autossustentável e uma referência em utilização de energia limpa, além da redução dos custos, como ressaltou o presidente do Sindicato Rural, Milton Wanderley Capucci.

Por ano, o parque solar terá capacidade para gerar mais de 1.800 mWh (megawatts-hora) de energia, o que é suficiente para abastecer, por exemplo, mais de 420 residências com consumo médio de 350 kilowatts/mês por um ano.

Serão mais de 2.600 painéis fotovoltaicos em funcionamento para produção de energia limpa, que reduzirá a emissão de cerca de 45 toneladas de CO² (dióxido de carbono) por ano, o que equivale a compensação de 317 árvores.

O presidente da Sicredi Centro-Sul MS, Sadi Masiero, afirma que esta iniciativa reforça o compromisso com a comunidade e com a natureza. “Este projeto mostra que colocamos cada vez mais os objetivos econômicos, sociais e ambientais em equilíbrio, promovendo a prosperidade para os nossos associados, para a comunidade e para o nosso planeta”.

O parque solar fotovoltaico traz também o benefício econômico, uma vez que reduz os custos com energia. O valor total do investimento será de R$ 5 milhões. A previsão é que a Sicredi Centro-Sul MS tenha o retorno deste investimento em um período de cinco anos. A construção está prevista para início em julho deste ano e o prazo para inauguração até dezembro de 2021.

Sobre a Cooperativa Sicredi Centro-Sul MS

A Sicredi Centro-Sul MS está presente em 30 municípios da região sul do Estado: Amambai, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados (5), Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Juti, Laguna Carapã, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Ponta Porã, Rio Brilhante e Vicentina. Atualmente, são mais de 92 mil associados atendidos pela Cooperativa.