Mato Grosso do Sul atualizou nesta quarta-feira (14) o mapa do Programa Prosseguir. Conforme o novo mapa situacional, Campo Grande e Itaquiraí entram para o grau de extremo risco. A bandeira cinza recomenda apenas atividades essenciais.

Sidrolândia, que na semana anterior era a única na bandeira cinza, passou a integrar a lista de 47 cidades sul-mato-grossenses na bandeira vermelha que marca os municípios em situação de alto grau de risco. São elas: Água Clara, Alcinópolis, Antônio João, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Bataguassu, Bela Vista, Bodoquena, Bonito e Brasilândia.

Também integram o mapa vermelho: Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fatima do Sul, Gloria de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Juti, Ladario, Maracaju, Miranda, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Paranaíba, Paranhos, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Santa Rita do Pardo, Sao Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Taquarussu, Terenos e Três Lagoas.

No grau médio, apontado pela bandeira laranja, estão 30 municípios: Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataiporã, Costa Rica, Coxim, Deodápolis, Figueirão, Inocência, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Mundo Novo, Nioaque, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraiso das Aguas, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sete Quedas, Sonora, Tacuru e Vicentina.

Novo mapa situacional do Prosseguir apresentado nesta quarta-feira nenhuma cidade está classificada nas bandeiras amarela ou verde que indicam grau tolerável ou baixo risco, respectivamente. No comparativo com o mapa do Prosseguir anterior, 25 municípios progrediram na bandeira, 25 regrediram e 29 permaneceram na mesma classificação. 

Vale lembrar que o Decreto n. 15.644 estabelece que o Programa Prosseguir define o toque de recolher nos municípios do Estado. Nas cidades com classificação das bandeiras verde, amarela e laranja será mais flexível, das 22h até às 5 da manhã; os municípios de bandeira vermelha a partir das 21h; e na cinza, o toque de recolher permanece das 20h até às 5 da manhã. A nova atualização dos mapas do Prosseguir será no dia 28 de abril.

Prosseguir

Para definir a bandeira de cada cidade são levados em conta uma série de indicadores, entre eles disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de equipamentos de proteção individual, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, disponibilidade de testes, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores.

O programa “Prosseguir” foi criado para avaliar e classificar os municípios em faixas de cores, de acordo com o grau de risco que cada cidade apresenta (de baixo a extremo), a fim de nortear os agentes da sociedade, principalmente entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da Covid-19.