Um homem de 31 anos que fornecia maconha e cocaína para vendedores de entorpecentes em Nova Andradina foi preso na fronteira na última terça (30).

Apontado como líder de uma quadrilha que enviava entorpecentes da fronteira, ele estava sendo há pouco mais de quatro meses, quando foi deflagrada a “Operação Cranius”.

Sua prisão preventiva já havia sido decretada, mas ele conseguiu fugir durante os cumprimentos de mandados em Ponta Porã.

A prisão foi efetuada por policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) e do SIG (Setor de Investigações Gerais) na cidade de Ponta Porã.