O pintor Allyson Mateus Soares da Silva, 27, morreu enquanto trabalhava na Usina Santa Helena em Nova Andradina, em Nova Andradina nesta sexta-feira (26). Ele caiu de uma altura de 14 metros enquanto fazia pintura no local.

Allyson, que trabalhava em uma empresa terceirizada, segundo informações, utilizava todo equipamento de segurança  como cadeira de descida em cordas para alcançar a estrutura que seria pintada, cintos e outros EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Um colega de trabalho da vítima, de 35 anos, disse que saiu do local por menos de um minuto para guardar uma ferramenta e, ao retornar, já encontrou Allyson caído ao chão.

O dono da empresa terceirizada, de 53 anos, chegou no local e encontrou o funcionário com vida. Ele foi atendido por uma ambulância da usina até ao Hospital Regional, porém, morreu logo após dar entrada.

O corpo do trabalhador foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para posterior ser encaminhado à família em Bataguassu. Um primo de Allyson disse ao Jornal da Nova que ele era experiente, pois trabalhava na profissão há anos. Ele deixa esposa e três filhas.