A Sicredi Centro-Sul MS – instituição financeira cooperativa – proporciona um modelo diferenciado para os seus associados, que preza pela transparência na gestão e o relacionamento. E um destes diferenciais cooperativistas é a distribuição dos resultados produzidos a cada ano com os seus associados. Em 2020, a Sicredi Centro-Sul MS obteve o resultado de R$ 110,7 milhões, correspondente ao saldo positivo nas operações financeiras realizadas por todos os associados da Cooperativa durante o ano.

Nesta segunda-feira, dia 22, a Cooperativa creditou na conta dos associados o valor referente à divisão dos resultados, proporcional ao volume de suas operações realizadas do exercício de 2020. Esta decisão ocorreu de acordo com a deliberação dos próprios associados durante a Assembleia Geral Ordinária, realizada por videoconferência, no dia 19, com os coordenadores e suplentes dos 78 núcleos, que representam todos os associados da Cooperativa.

Conforme a aprovação em Assembleia, as divisões do resultado foram creditadas 50% do valor em conta poupança e 50% em cota capital. Entre o grande destaque, tem-se novamente a poupança, em que se manteve a decisão dos associados em distribuir 2% sobre o saldo médio da poupança, o que representa quase 100% do rendimento médio anual. Já os depósitos a prazo, também foram aprovados a distribuição de 2% sobre o saldo médio, o que representa também uma rentabilidade próximo a 100% do CDI líquido (descontado o IR) de 2020.

Além disso, os associados da Cooperativa já haviam recebido mais de R$ 5,5 milhões referente aos juros ao capital em dezembro de 2020. O restante desta distribuição, de acordo com definições estatutárias e aprovação em Assembleia, foi destinado a Reserva Legal, utilizado para dar mais solidez à Cooperativa, ao Fundo de Expansão e Contingência e ao Fates (Fundo de Assistência Técnica, Educacional e Social), usado para prestação de assistência aos associados, seus familiares e aos colaboradores.

Além disso, também, foram direcionados 1% do resultado para o Fundo Social, o representa mais de R$ 1,1 milhão, que serão direcionados para projetos voltados à área de Saúde, Educação, Esporte, Cultura, Meio Ambiente e Segurança, reforçando o comprometimento social da Cooperativa. E, mais 1% foi doado para o Hospital de Amor, para custeio de manutenção da unidade móvel que está percorrendo os municípios da região, trabalhando no diagnóstico e prevenção do câncer.

Crescimento

Em 2020, a Sicredi Centro-Sul MS obteve o resultado positivo de R$ 110,7 milhões, o que representa o crescimento de 4,23% em relação ao ano anterior. No fechamento do ano, a Cooperativa atingiu a marca de R$ 3 bilhões de ativos e patrimônio líquido de R$ 563,3 milhões, uma expansão de 50% e 14%, respectivamente, em relação a 2019.

Outro grande destaque foi na carteira de poupança, fechando o ano em R$ 536 milhões, o que representa o crescimento de 18% em relação ao ano anterior. Além disso, em 2020, a carteira de crédito alcançou a marca de R$ 2 bilhões, um aumento de 25% em relação a 2019. 

De acordo com o presidente da Sicredi Centro-Sul MS, Sadi Masiero, uma instituição financeira cooperativa forte é capaz de promover mudanças na região onde atua. “O grande impacto local é resultado do fluxo de recursos financeiros que gira na comunidade onde estamos presentes. A partir da relação de parceria, nossos associados e nossa Cooperativa crescem juntos e, por consequência, a comunidade também usufrui dessa relação”, ressalta. 

Participação 

“É este ciclo virtuoso que faz com que os associados invistam cada vez mais na Cooperativa, contribuindo para uma disponibilidade de recursos ainda maior para apoiar outros associados. Mais uma vez, apresentamos o balanço com resultados positivos. Isso reflete o trabalho que vem sendo desenvolvido, focado nas bases do cooperativismo de crédito, com a participação dos associados, que contribuem para o crescimento sustentável de todos”, completa o presidente.

Conforme Giorgio Martins Bonato, diretor executivo da Sicredi Centro-Sul MS, a participação dos associados é o que alimenta o círculo de ajuda mútua levando em conta suas movimentações durante o ano. “Buscamos fortalecer o relacionamento próximo e o cooperativismo com os nossos associados. Isto permite que a Cooperativa esteja presente nas suas vidas, conheça os objetivos pessoais, profissionais e compreenda as suas necessidades. Desta forma, podemos disponibilizar soluções responsáveis para ajudá-los a prosperar e, assim, gerar desenvolvimento local e contribuir para o crescimento do associado, da Cooperativa e da comunidade”, afirma Bonato.

Sobre a Cooperativa Sicredi Centro-Sul MS