Foi protocolado na sexta-feira (19), na Câmara Municipal de Dourados, um projeto de lei que visa impedir a prefeitura de Dourados decretar ‘lockdown’, sem a consulta ao legislativo municipal. O projeto é de autoria dos vereadores Juscelino Cabral (DEM) e Laudir Munaretto (MDB).

Conforme o presidente da Câmara, Laudir Munaretto (MDB), o agravamento da pandemia exige a união das forças políticas para a construção de medidas que possam amenizar os efeitos devastadores provocados pela Covid-19 em Dourados e no Mato Grosso do Sul. O emedebista destacou que, além da gravidade da questão sanitária, é preciso um olhar atento para as atividades econômicas impactadas pelas medidas restritivas adotadas pelo Estado e município.

"Infelizmente, a pandemia tem feito vítimas de todos os lados. Além do agravamento do número de casos e do colapso no sistema de saúde, temos convivido de perto com famílias passando por dificuldades imensas pelo fato do trabalhador estar impedido de exercer sua atividade e trazer o pão de cada dia para casa. Precisamos unir forças para repensar a questão do toque de recolher às 20h, das restrições estabelecidas em decretos e também para adotarmos novas medidas que possam auxiliar o município nas ações de fiscalização e na organização do comércio local. A conscientização é o caminho para tentar frear essa pandemia enquanto não tivermos vacina para todos", enfatizou Munaretto.

 
Leia mais